EPFCL - Brasil 

Sede permanente

Rua Goethe, 66 - 2º Andar - Rio de Janeiro

Comissão de Gestão

Diretora: Elizabeth da Rocha Miranda  -  Secretária: Andréa Franco Milagres  

Tesoureira: Geisa Freitas

 

Internacional

A Internacional dos Fóruns do Campo Lacaniano nasceu de uma iniciativa lançada em Barcelona, em julho de 1998. Os Fóruns propõem uma contra-experiência, a partir de uma oposição ao abuso do Um na psicanálise. Eles visam uma alternativa institucional orientada pelos ensinamentos de Sigmund Freud e Jacques Lacan. 

 

Desde 1999, a Internacional dos Fóruns do Campo Lacaniano (IF-EPFCL) é uma federação de diversos Fóruns – distribuídos no mundo com mais de 1300 membros – agrupados em sete zonas (zona Francófona, zona Anglófona, Espanha, Itália, América Latina Norte, América Latina Sul e Brasil). Uma Carta, revista em julho de 2006 e em julho de 2008, define seus princípios gerais. O funcionamento da IF-EPFCL em nível internacional é assegurado pelo Colegiado dos Representantes (CRIF), que se articula em nível nacional e regional com os delegados dos Fóruns os quais integram, por sua vez, o Colegiado dos Delegados. 

 

Os Fóruns do Campo Lacaniano não são Escola, mas Campo. Não outorgam nenhuma garantia analítica. Acolhem todos aqueles que de um modo ou outro se sentem concernidos pela psicanálise orientada pelo ensino de Jacques Lacan e estão interessados no estudo da psicanálise, suas conexões ou sua aplicação fora do dispositivo analítico. Em particular, as conexões com as práticas sociais e políticas confrontadas aos sintomas da época e os laços com outras práticas teóricas (ciências, filosofia, arte, religião etc.). 

 

O objetivo principal da IF-EPFCL se desdobra em três eixos: a crítica, a articulação com os outros discursos e a polarização em direção a uma Escola de psicanálise. Os Fóruns nasceram de uma exigência relativa às condições necessárias para a manutenção do discurso analítico. De acordo com essa origem, continuará sendo uma de suas finalidades constantes a crítica do que se diz em nome da psicanálise no conjunto das diversas correntes do movimento analítico e a das práticas institucionais que se propõem sustentá-la. Os Fóruns começaram com o debate crítico, eles velarão para manter-lhe a exigência, conforme as conjunturas que virão. Sendo do Campo Lacaniano, o qual inclui em seu conjunto os discursos reguladores dos gozos, os Fóruns têm como vocação própria assegurar a repercussão e a incidência do discurso analítico no seio dos outros discursos. Os Fóruns não deixam de ser orientados rumo à Escola de onde tomam seu sentido, pois é a Escola que se dedica a cultivar o discurso analítico.A experiência prova que esse discurso, sempre ameaçado pelo recalque, pela tendência a se perder e a se fundir no discurso comum, está à mercê das contigências do ato analítico. 

 

A IF-EPFCL é regida por uma Carta de Princípios e possui as seguintes instâncias: CRIF e Delegados. 

 

Clique aqui para fazer o download do PDF do organograma.